Obras inéditas e séries premiadas incluídas no portfolio da galeria GENUINAOBRA, de Porto Alegre

site-1

Trabalhos da premiada série THERE’S NO PLACE LIKE 127.0.0.1 e outros ensaios inéditos são incluídos no portfólio digital da galeria gaúcha GENUINAOBRA , de Viviane Possa e Nonô Joris. Acesse o portfólio da galeria aqui: http://genuinaobra.com.br/

Artistas como Marcos Sari, Claudia Barbisan, Val Schneider, Gisela Martins Waetge, Flavya Mutran, Augusto Lima, Sandro Ka, Dulphe Pinheiro Machado, Eduardo Gazalle Marco, Rochele Zandavalli, Felipe Caldas, Tadeu Vilani, André Venzon, Vinício Giacomelli, Viviane Possa, Sandra Rey, Frantz Soares, Edgar Haczkiewicz Powarczuk, Renan Santos e Fernanda Valadares, entre outros, integram o grupo que investiga diferentes meios de expressão em  fotografia, pintura, desenho, vídeo e etc.

Untitled-1

Abaixo, Viviane Possa, Nonô Joris (Genuinaobra ) e Tais Mallaguez (Bó Jeito de Morar) comemoram a parceria em projetos de exposição e novas ideias.

1475859_488949997887660_247917936_n

Voltado não só para o Mercado de colecionadores de arte brasileira contemporânea, a GENUINAOBRA também investe em parcerias com produtores culturais, arquitetos, pesquisadores e críticos de arte. Ações como o Projeto Simultaneidade e a mostra O tempo é minha casa surgiram do interesse comum pela troca de experiência e de simultaneidades afetivas e criativas que pretendem valorizar espaços que guardam as memórias da cidade, transformando-os em núcleos de convívio.

1487345_207354522784209_1571669489_n

O complexo arquitetônico Vila Flores (no bairro Floresta em Porto Alegre/RS) é formado por 2 prédios, um galpão e um enorme pátio interno,  e foi desenhado e construído na virada da década de 1920/30 pelo arquiteto e engenheiro Joseph Lutzenberger, pai do famoso ambientalista do Rio Grande do Sul. O lugar está sendo revitalizado para abrigar projetos culturais, artísticos, comunitários, musicais, educativos, ambientais e tudo o que a nossa habilidade colaborativa permitir.

image001

Ativar estas memórias e reinventar os usos, permanências e passagens da cidade é uma arte, que nos inspira a revitalizar nossas relações cotidianas. Com esse objetivo em mente, diversos coletivos de diferentes cidades se reuniram para construir o Projeto Simultaneidade. São eles:

Projeto Simultaneidade (POA) – http://projetosimultaneidade.wordpress.com/

Vila Flores (POA) – http://www.vilaflores.net

Goma Oficina (SP) – http://www.gomaoficina.com

Projeto Vizinhança (POA) – http://www.projetovizinhanca.art.br

Geodésica Cultural Itinerante (FLP) – http://www.facebook.com/geodesicacultural

Casa da Cultura Digital (POA) – http://www.ccdpoa.com.br

Long Beach

Acima, a imagem escolhida para a instalação in situ num dos espaços da Vila Flores, da mostra O tempo é minha casa . Foto: Flavya Mutran, portfolio da GENUINAOBRA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: